Clique e ouça
Carregando ...
Apresentação
Mateus-matos-castanha
Coluna do Mateus Castanha
30/06, 13:49 h

Obrigado e boa sorte, grande Abras!

Obrigado e boa sorte, grande Abras!

O ano era 2000. Num domingo qualquer, eu descia a Avenida do Contorno de carro em direção ao Mineirão, onde o Atlético jogaria não sei contra quem. Enquanto esperava o sinal vermelho abrir, um Santana preto parou ao meu lado. Um senhor de cabelos brancos abriu a janela e, certamente motivado pelo fato de eu vestir uma camisa do Galo, me perguntou: “E aí, a gente ganha hoje?”. Quando me dei conta de que aquele cara era o Roberto Abras da Itatiaia, gaguejei um pouco e quase não tive tempo de falar alguma coisa produtiva antes de o sinal abrir. Ele sorriu, deu uma buzinadinha de despedida e seguiu seu caminho.

Esse caso pode parecer uma grande bobagem, mas teve um significado especial para mim. Naqueles tempos eu era bancário, mas por conta da minha paixão pelo futebol havia acabado de trocar o curso de economia pelo de jornalismo. Basicamente o que eu queria da vida era fazer o que o Abras e outros jornalistas esportivos faziam. E quando ele, que era minha principal referência, me deu aquela moral no sinal totalmente do nada, me senti um pouco parte do negócio e mais confiante na escolha que tinha feito meses antes.

O tempo passou e em 2004 eu já trabalhava como setorista do Atlético, pelo Lance. Com as idas diárias à Cidade do Galo, me aproximei do Roberto e a imagem que criei naquele domingo de 2000 foi reforçada desde o primeiro dia de convivência. Sempre me lembrarei com carinho das ótimas conversas que tivemos nos treinos, jogos, viagens e da forma gentil e amistosa com que ele sempre me tratou. É muito legal quando as expectativas que você cria em relação a alguém se concretizam.

Nesta semana, o Velho Abras, como é carinhosamente conhecido, se afastou - pelo menos temporariamente - dos microfones da Itatiaia, já que concorrerá a uma vaga na Câmara Municipal de Belo Horizonte nas próximas eleições. Só posso agradecê-lo pelo convívio e desejar toda sorte do mundo nesta nova caminhada.     

Comentários

Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).

Ouvindo: