356 Dias para Copa
Ursula Nogueira

Coluna da Ursula Nogueira

Veja todas as colunas

Copa do Brasil: desejo de Cruzeiro e Atlético

Copa do Brasil: desejo de Cruzeiro e Atlético

20/04/2017 às 07:29
Copa do Brasil: desejo de Cruzeiro e Atlético

Estão definidos os confrontos das oitavas de final da Copa do Brasil. Nesta fase, os cinco times que se classificaram ganham a companhia dos oito clubes que estão na Copa Libertadores (Atlético, Atlético-PR, Botafogo, Chapecoense, Flamengo, Grêmio, Santos e Palmeiras) além dos atuais campeões da Copa do Nordeste (Santa Cruz), da Copa Verde (Paysandu) e da Série B do Brasileirão (Atlético-GO).

O Cruzeiro vai encarar a Chapecoense. O primeiro jogo do time celeste será em Belo Horizonte. Seja bem-vindo Vagner Mancini!  O jogo de volta será na Arena Condá, em Chapecó. O time mineiro só enfrentou a Chape duas vezes em duelos pela Copa do Brasil, em 2012. Naquela ocasião o Cruzeiro bateu facilmente o time catarinense por 4 a 1, na Arena do Jacaré, pela segunda fase da competição. Wellington Paulista (2), Anselmo Ramon e Thiago Carvalho, marcaram para o Cruzeiro e Fabiano para a Chape. Detalhe que Wellington Paulista, hoje, defende a Chapecoense. Na partida de volta, os times não saíram do 0 a 0.

Já o Atlético vai enfrentar o Paraná Clube, que eliminou o Vitória. O clube alvinegro joga a primeira partida em Curitiba e decide a vaga em casa. A última vez que Atlético e Paraná se enfrentaram foi em outubro de 2007, pelo Campeonato Brasileiro. Pela Copa do Brasil, foi apenas um encontro,  em 1998, pelas oitavas de final. O Atlético foi eliminado após perder o primeiro jogo, em Curitiba, por 1 a 0 e empatar, no Mineirão, por 1 a 1.

O sorteio dos mandos de campo foi feito por grupos pensando na logística dos clubes para evitar que times da mesma cidade joguem em casa no mesmo dia. 

O fato é que Cruzeiro e Atlético precisam vencer para convencer as torcidas. Parte dos atleticanos está insatisfeita com o trabalho de Roger Machado. O treinador ainda não conseguiu passar confiança 100% para os torcedores alvinegros. Os cruzeirenses também estão com “um pé trás” com as atuações do time celeste. Cobranças devem acontecer para evitar que o pior aconteça, porém tudo na devida proporção. Nada de desespero e de começar a pedir a cabeça de treinador! Talvez o que falte neste momento para o Atlético não seja uma mudança de treinador, mas, sim, um espírito de competitividade e vibração com a camisa alvinegra. Acredito que a torcida esteja sentindo falta de alguém como Leandro Donizete (raçudo). Falta aos jogadores atitude e aquela “chamada de responsabilidade”.  

Espero que Atlético e Cruzeiro retribuam às suas torcidas todo o apoio que recebem para avançar na Copa do Brasil. Será que teremos uma nova final entre Atlético e Cruzeiro? 

Escreva seu comentário

Preencha seus wdados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    Presidente da Eletrobras diz que grupo tem 40% de chefes 'vagabundos' - https://t.co/68qyc4w99r https://t.co/Pc98Xayutq

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    Ouça a Conversa de Redação desta sexta-feira - https://t.co/mtuFA6BjTQ https://t.co/IUFMUsSgyT

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    "Temos um monte de safado, lamentavelmente, que ganha lá 30, 40 paus (mil reais). Tá lá em cima, sentadinho" -http://bit.ly/2t2t2pN

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    Ouça a Conversa de Redação desta sexta-feira - http://bit.ly/2tWb6cK

    Acessar Link