Clique e ouça
Carregando ...
Apresentação
Ursula-nogueira
Coluna da Ursula Nogueira
15/12, 19:08 h / Atualizado em 15/12, 19:09 h

Quem é bom leva troféu!

Quem é bom leva troféu!

Na última terça-feira (13), foi feita a apuração dos votos da 54ª edição do Troféu Guará, promovido pela Rádio Itatiaia. Os melhores do futebol mineiro foram escolhidos por representantes de 31 veículos de comunicação, entre emissoras de rádio e televisão, jornais impressos, revistas e portais de internet.

Para a Seleção Guará foram escolhidos os jogadores alvinegros: Marcos Rocha, Leonardo Silva, Fábio Santos, Fred, Lucas Pratto e Robinho. O presidente Daniel Nepomuceno foi eleito o melhor dirigente do ano e o zagueiro Gabriel foi escolhido como jogador revelação. O atacante Robinho também recebeu o prêmio de artilheiro da temporada e craque do ano. Destaque para Marcos Rocha que vence pelo sétimo ano consecutivo como melhor lateral-direito.

Do lado do Cruzeiro: Eduardo Silva foi escolhido o melhor preparador físico do ano. Mano Menezes ficou com o troféu de melhor técnico. Por ser campeão do Campeonato Mineiro sub-20, o clube leva mais um troféu, além do Guará Especial pelos 50 anos da conquista da Taça Brasil de 1966. Para a Seleção, foram quatro escolhidos: Manoel, Henrique, Robinho e Arrascaeta.

Já o América levou o troféu pelo título de campeão Mineiro de 2016 e pelo melhor goleiro da temporada, João Ricardo, que ganhou pelo segundo ano consecutivo.

O Guará de melhor juiz do ano foi, pela primeira vez, para o aspirante FIFA, Igor Junior Benevenuto. O Boa Esporte recebeu o troféu de campeão brasileiro pela Série C. O Democrata de Governador Valadares será homenageado pelo prêmio de campeão Mineiro do Módulo II. O Tupynambas de campeão Mineiro da Segunda Divisão e o Sada Cruzeiro pela conquista do Mundial de Vôlei.

Pontos para se destacar na Seleção: a predominância do meio-campo do Cruzeiro: Henrique, Arrascaeta e Robinho. Juntos, eles fizeram 29 gols, levaram 27 cartões amarelos e um cartão vermelho.

Já o ataque foi exclusivo do Atlético: Robinho, Fred e Lucas Pratto marcaram 56 gols, levaram 14 cartões amarelos e um vermelho.

Confesso que algumas posições foram difíceis para votar, já que 2016 não foi o melhor ano do futebol mineiro. Que em 2017, a dificuldade seja por ter ótimas escolhas.

Agora é aguardar a entrega dos troféus no dia 30 de janeiro de 2017.

Será que esta Seleção Guará, formada por João Ricardo, Marcos Rocha, Leonardo Silva, Manoel, Fábio Santos, Henrique, Robinho, Arrascaeta, Robinho, Fred e Pratto, conquistaria um Campeonato Brasileiro?

Comentários

Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).

Ouvindo: