Clique e ouça
Carregando ...
Apresentação
por Agência Estado em Esporte / Atualizado

Após três meses sem clube, Jaqueline acerta volta ao Minas para disputa da Superliga

Foto: Orlando Bento/Minas Tênis Clube

Uma das principais jogadoras do vôlei brasileiro na última década e peça fundamental na seleção brasileira, Jaqueline começou a Superliga Feminina desempregada. Nesta quinta-feira, porém, acertou seu futuro. Ela foi anunciada como reforço do Camponesa/Minas, equipe que defendeu na temporada 2014/15.

A dificuldade de Jaqueline encontrar um clube era um dos argumentos contrários ao ranking de pontos da Confederação Brasileira de Vôlei (CBV). Cada equipe pode ter no máximo duas atletas de sete pontos, como é Jaqueline, ao mesmo tempo em que, com o corte nos investimentos do Sesi-SP para sua equipe feminina, só Rexona/Sesc-Rio e Vôlei Nestlé/Osasco se mostravam com orçamento para tal luxo.

Fabiana, a outra estrela que estava no Sesi-SP na temporada passada, logo fechou com o Praia Clube, de Uberlândia, mas Jaqueline ficou sem marcado. Assim, disputou a Olimpíada sem clube e assim continuou até esta quinta-feira.

Ela chega ao Minas com a equipe no sexto lugar da Superliga, com três vitórias (sobre São Caetano, Sesi-SP e Rio do Sul) e duas derrotas (para Bauru e Pinheiros). Vai se juntar à norte-americana Destinee Hooker, que já foi uma das melhores do mundo, só chegou recentemente e ainda não estreou.

Com Jaqueline e Hooker, o Minas passa a ter time em condições de chegar à final da Superliga, algo que não consegue desde 2004. O elenco conta ainda com Léia, libero da seleção brasileira na Olimpíada, Rosamaria, Pri Daroit, Naiane e Carol Gattaz, todas com passagens pela seleção.

Comentários

Aviso: O espaço abaixo é destinado para debatermos o tema e criticar ideias. Ataques pessoais não serão tolerados de maneira alguma. Por isso, nos damos ao direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e e-mail válido).

Ouvindo: