Notícias

Baixa adesão vacinal entre adultos é porta de entrada para doenças graves

Por Jacqueline Moura, 05/07/2018 às 10:29
atualizado em: 05/07/2018 às 11:21

Texto:

Foto: Everson Bressan/SMCS
 Everson Bressan/SMCS

As mães costumam se preocupar com o calendário de vacinação dos filhos, a maioria sempre com grande zelo para deixar todas as doses em dia. E quando os filhos crescem e tornam-se adultos? Como esse controle é feito? Normalmente, os adultos se preocupam menos com as vacinas, por isso, o Ministério da Saúde fez um alerta nesta semana sobre a baixa cobertura e a importância da vacinação entre os adultos.

“Assim como nas demais idades, a vacinação de adultos é muito importante. O objetivo é deixá-los imune a infecções causadas por vírus ou bactérias. Com a imunização, em contato com os causadores de doenças, a pessoa vacinada não tem a doença ou tem a forma mais leve. Lembrando que a eficácia das vacinas disponibilizadas no Brasil é perto dos 100%”, explica a importância da vacinação o infectologista Estêvão Urbano. 

Segundo o Ministério da Saúde, as quatro vacinas recomendadas para pessoas de 20 a 59 anos estão abaixo do considerado ideal de cobertura vacinal. A da tríplice viral, por exemplo, é de apenas 4,7%. 

As vacinas recomendadas para adultos (de acordo com o Ministério da Saúde) são:

- Hepatite B - Três doses, de acordo com a situação vacinal;

- Febre Amarela - Uma dose se nunca tiver sido vacinado;

- Tríplice Viral – Se nunca vacinado, são duas doses para quem tem de 20 a 29 anos e uma dose para 30 a 49 anos;

- Dupla adulto (DT) – Reforço a cada 10 anos.

“A vacina contra a gripe e pneumonia são essenciais para os adultos, mas se as pessoas não tiverem se vacinado contra sarampo, rubéola e caxumba ainda podem se vacinar. O reforço de vacina contra o tétano também é muito importante, além da vacina contra a febre amarela que é efetiva no momento, devido ao surto recente”, destaca Estêvão Urbano. 

Escreva seu comentário

Preencha seus wdados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    Maior financiador de campanhas, empresário doa R$ 6,3 milhões a 50 candidatos. https://t.co/bbEEbYr6MF https://t.co/tYNEHNlNEt

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    Ele também fez repasses para cinco diretórios partidários. As doações abrangem 13 partidos e 13 Estados.

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    Recorrência... 'Sabia que seria um ambiente difícil, mas no meio do caminho percebi que seria pior. '. Leia mais!

    Acessar Link