Clique e ouça
Carregando ...
Apresentação
por Editoria de web em Esporte / Atualizado

Com 2 assistências e um gol, Robinho não garante permanência no Cruzeiro em 2017

Foto: Gualter Naves/Light Press/Cruzeiro

Melhor jogador em campo na vitória do Cruzeiro sobre o Corinthians, neste domingo, no Mineirão, pela última rodada do Campeonato Brasileiro, o meio-campista Robinho deixou a torcida celeste preocupada para 2017. Na saída de campo, o jogador revelou ao repórter da Itatiaia, Thiago Reis, que não sabe se continuará na Raposa na próxima temporada, mesmo tendo contrato de empréstimo por mais 12 meses.

Ao comentar sobre os amigos que tinha na Chapecoense, Robinho disse que pensou em não jogar contra o Corinthians por estar abalado com a tragédia, mas que resolveu entrar em campo porque poderia ser sua última partida pelo Cruzeiro.

“Dediquei este jogo às famílias da Chapecoense. Tinha muitos amigos lá. Fui no velório do Gil e disse para os pais deles que daria sempre um pouquinho a mais nos jogos por ele. Confesso que cheguei a pensar em pedir para não jogar, mas como eu não sei se vou ficar aqui no ano que vem, tenho mais um ano de contrato, mas não sei o que vai acontecer. Então resolvi entrar e consegui ajudar o time a vencer”, declarou.

Destaque da Raposa, Robinho deu duas assistências e marcou o gol da vitória por 3 a 2 sobre o time paulista. Sem ser específico, o jogador destacou o fato de o futebol ser dinâmico, apesar de ressaltar a vontade de permanecer.

“Eu quero ficar, mas a gente nunca sabe. Achava que eu ficaria no Palmeiras, mas de uma hora pra outra eu estava aqui. Então a gente não sabe o que vai acontecer, as coisas acontecem muito rápido na carreira do jogador. De repente você faz um jogo espetacular e vem alguém pra te buscar. Espero ficar ano que vem, que o Mano também possa ficar. Tenho muito a agradecer a ele, me ajudou muito”, afirmou.

Diante da declaração surpreendente, Robinho começou a voltar atrás e negou que tenha proposta para deixar o Cruzeiro. “Não tem não. Se tivesse eu falaria. Se o meu empresário tem, ele não me falou”, frisou o meio-campista.

Os altos salários da China e do ‘mundo árabe’ chamam a atenção de Robinho. Ele destacou a importância de fazer a ‘independência financeira’, mas garantiu que o foco está no Cruzeiro.

“Estou fazendo meu pé de meia aqui. Está legal (risos). Estou brincando. Pela idade seria o momento, mas estou bem tranquilo sobre isso. Meu dia a dia é no Cruzeiro e acho que a gente tem grandes coisas para o ano que vem. Vai depender dos jogadores. Tem tudo para ser um ano maravilhoso para nós jogadores e espero continuar aqui”, finalizou.

Comentários

Aviso: O espaço abaixo é destinado para debatermos o tema e criticar ideias. Ataques pessoais não serão tolerados de maneira alguma. Por isso, nos damos ao direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e e-mail válido).

Ouvindo: