Clique e ouça
Carregando ...
Apresentação
por Agência Estado em Esporte / Atualizado

Cruzeiro vence time argentino e reedita final do Mundial de Vôlei com Zenit Kazan


Cruzeiro confirmou o favoritismo e venceu o Bolívar (Foto Agência i7/ Cruzeiro)


O Sada Cruzeiro está mais uma vez garantido na decisão do Mundial de Clubes Masculino de Vôlei, que está sendo realizado em Betim (MG). Neste sábado, o time mineiro superou o argentino Personal Bolívar por 3 sets a 1, com parciais de 21/25, 25/15, 25/15 e 25/19, e se garantiu na decisão, marcada para o próximo domingo.

A vitória deste sábado não veio sem sustos para o Cruzeiro, tanto que o time foi superado pelo Bolívar no primeiro set, mas depois demonstrou não ter sentido a pressão de estar em desvantagem no confronto. Afinal, a equipe mineira impôs a sua superioridade, tanto que venceu as duas parciais seguintes com uma vantagem de dez pontos.

E após recuperar o seu ritmo acelerado usual, também não teve muitos problemas para assegurar a vitória, confirmando o favoritismo. Quem mais brilhou pelo Cruzeiro na partida deste sábado foi o cubano Robertlandy Simón, que fez 16 pontos, quatro a mais do que Evandro. Já o australiano Thomas Edgar fechou o duelo com 13 pontos para o time argentino.

O adversário do Cruzeiro na decisão do Mundial de Vôlei será o Zenit Kazan. O time russo assegurou presença na final ao bater o italiano Trentino Diatec por 3 sets a 0, com parciais de 25/18, 25/23 e 25/18. O principal destaque do triunfo foi o norte-americano Matthew Anderson, que fez 15 pontos.

Cruzeiro e Zenit Kazan já se enfrentaram nesta edição do Mundial ainda na fase de grupos, quando a equipe mineira triunfou por 3 a 1. E esse resultado foi o mesmo da decisão da edição de 2015 do torneio, também realizado em Betim, quando o time mineiro conquistou o seu segundo título mundial - também foi campeão em 2013. Neste domingo, portanto, tentará assegurar mais uma conquista, a partir das 16h15, no Ginásio Poliesportivo Divino Braga.

Comentários

Aviso: O espaço abaixo é destinado para debatermos o tema e criticar ideias. Ataques pessoais não serão tolerados de maneira alguma. Por isso, nos damos ao direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e e-mail válido).

Ouvindo: