Notícias

Segundo a Polícia Militar, o adolescente recebia ordens de um cunhado que estaria comandando o tráfico de drogas na região de dentro de um presídio no Rio de Janeiro.

Controlava tráfico na região

Por Editoria de web , 27/11/2016 às 11:32
atualizado em: 28/11/2016 às 10:53
Ouça na Íntegra
00:00 00:00
Foto: Edilene Lopes/Itatiaia
Foto: Edilene Lopes/Itatiaia

Um adolescente de 17 anos foi apreendido em Santa Luzia, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. Segundo a Polícia Militar (PM), ele recebia ordens de um cunhado que estaria comandando o tráfico de drogas na região de dentro de um presídio no Rio de Janeiro. Com o menor, os militares encontraram mais de 1.500 pinos de cocaína.

A polícia chegou ao adolescente por meio de denúncia anônima. De acordo com o sargento Alex Estevão de Souza, do 35ª Batalhão da PM, que atendeu à ocorrência, as ordens eram dadas pelo aplicativo Whatsapp. Após ser preso, o garoto entregou à corporação um áudio da conversa com o cunhado.

À reportagem da Itatiaia, o garoto debochou da lei penal brasileira por ser menor de idade e não poder ser preso. Ele garantiu que, após ser liberado, vai voltar ao mundo do crime. “Vou ficar (preso) 45 dias, depois eu saio”, disse. “Tranquilão. Sou de menor, logo logo estou de volta. Vou aterrorizar, o papo é reto”, completou.

Na extensa ficha criminal, o adolescente acumula os delitos de lesão corporal, receptação de carro roubado, tráfico de drogas e até uma tentativa de homicídio, segundo o próprio garoto.

Na delegacia, ele disse que um dia pretende sair da criminalidade porque ‘quando se está preso, você se arrepende’, mas, ao mesmo tempo, admite que ‘agora é tarde’.

A mãe do adolescente conversou com a reportagem da Itatiaia e relembrou, chorando, das inúmeras vezes em delegacias, além do medo constante de receber a notícia sobre a morte do filho. Ela contou ainda que o garoto está há cinco anos no mundo do crime.

“O coração fica despedaçado. Eu já durmo com o telefone ligado debaixo do travesseiro. Pra mim, a qualquer momento a polícia vai ligar ou alguém vai me falar que ele está morto”, lamentou.

Ouça a reportagem completa de Edilene Lopes:

#ItatiaiaNasRedes

RadioItatiaia

Ministério Público Eleitoral pede cassação de Temer e inelegibilidade de Dilma - https://t.co/kYEnG5ArJ4 https://t.co/QrAWt4PYF4

Acessar Link

RadioItatiaia

Sem Kalil, prefeitos de cidades da Grande BH lançam projeto de expansão do metrô - https://t.co/FcIazbu9yp https://t.co/QIFXTq56ws

Acessar Link

RadioItatiaia

Se os ministros do TSE seguirem o entendimento da PGE - ou seja, cassarem Temer, mas o deixarem elegível -, ele poderia concorrer numa eleição indireta. - http://migre.me/wkHi9

Acessar Link

RadioItatiaia

Sem Kalil, prefeitos de cidades da Grande BH lançam projeto de expansão do metrô - http://migre.me/wkGVW

Acessar Link