Notícias

O PT foi o partido mais beneficiado (R$ 200,2 milhões), seguido por PMDB (R$ 112,9 milhões), PSD (R$ 85 milhões), PP (R$ 81,6 milhões), PSDB (R$ 80,5 milhões), PR (R$ 63,7 milhões) e DEM (R$ 39,4 milhões).

Governo Federal

Por Agência Estado , 13/12/2016 às 12:55
atualizado em: 13/12/2016 às 13:50

Às vésperas do encerramento do ano parlamentar e da votação da reforma da Previdência na Comissão de Constituição e Justiça da Câmara, o presidente Michel Temer liberou R$ 1,2 bilhão de emendas parlamentares destinadas ao Ministério da Saúde. O montante refere-se às emendas impositivas, aquelas que o Planalto é obrigado a liberar.

O PT foi o partido mais beneficiado (R$ 200,2 milhões), seguido por PMDB (R$ 112,9 milhões), PSD (R$ 85 milhões), PP (R$ 81,6 milhões), PSDB (R$ 80,5 milhões), PR (R$ 63,7 milhões) e DEM (R$ 39,4 milhões).

Também houve repasses aos senadores, que votam nesta terça-feira o 2º turno da PEC que limita os gastos públicos. O maior desembolso foi para o PMDB: R$ 32 milhões. O PSDB receberá R$ 29 7 milhões, o PT, R$ 22,3 milhões e o PP, R$ 20,3 milhões.

#ItatiaiaNasRedes

RadioItatiaia

Justiça Federal determina que ex-esposa de Cabral volte para a prisão: https://t.co/oUYEO6MEIg https://t.co/LzBnx7ZvRl

Acessar Link

RadioItatiaia

Igreja católica de Curitiba autoriza batismo de três filhos de casal homossexual: https://t.co/lkFp5AqcO5 https://t.co/AUa0wx2lQx

Acessar Link

RadioItatiaia

Fred admite 'alívio' após ser liberado pelo TJD para primeiro jogo da final do Mineiro: http://bit.ly/2oMeHYT

Acessar Link

RadioItatiaia

Polícia Militar vai reforçar patrulhamento no transporte coletivo de Belo Horizonte: http://bit.ly/2q5luOq

Acessar Link