Clique e ouça
Carregando ...
Apresentação
por Editoria de web em Esporte / Atualizado

Por dívida de Victor, Grêmio consegue penhorar parte do valor da venda de Pratto

O Atlético pode não receber a totalidade do dinheiro da venda de Lucas Pratto para o São Paulo. Na noite desta segunda-feira, o Grêmio conseguiu na Justiça penhorar parte do valor da negociação para obter o pagamento da dívida que o clube alvinegro tem pela compra do goleiro Victor, em junho de 2012. O Galo pode recorrer.

Em decisão do juiz Mauro Caum Gonçalves, da 17ª Vara Cível de Porto Alegre, o São Paulo deverá depositar R$ 10.508.626,19 (valor corrigido por juros) em uma conta a ser informada pelo Grêmio.

De acordo com informações da imprensa paulista, o São Paulo pagou 6,2 milhões de euros (cerca de R$ 20,4 milhões) por 50% de Lucas Pratto. Desta forma, o dinheiro penhorado pelo Grêmio é cerca de metade do valor total que o Atlético embolsará pela venda do atacante argentino.

Desde o ano passado, Atlético e Grêmio discutem na Justiça o real valor devido pela transferência de Victor. Na época, ficou acertado que o Galo pagaria 3 milhões de euros em dois pagamentos, além de ceder 50% dos direitos econômicos do zagueiro Werley, atualmente no Coritiba.

Mas o Atlético depositou somente a primeira parcela e, desde então, não pagou a segunda, alegando que o Grêmio emprestou Werley ao Santos, em 2015, sem repassar parte do valor ao Galo.

Os dois clubes serão notificados da decisão. O departamento jurídico do Atlético ainda não se pronunciou sobre a nova determinação judicial.

Comentários

Aviso: O espaço abaixo é destinado para debatermos o tema e criticar ideias. Ataques pessoais não serão tolerados de maneira alguma. Por isso, nos damos ao direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e e-mail válido).

Ouvindo: