Clique e ouça
Carregando ...
Apresentação
por Editoria de web em Jornalismo / Atualizado

Veja quem são os deputados de Minas que votaram pela admissibilidade da proposta que reforma a Previdência


Aelton Freitas (PR), Paulo Abi-Ackel ) PSDB) e Fábio Ramalho votaram pela admissibilidade (Divulgação)

Sete deputados mineiros participaram da votação que aprovou, na madrugada desta quinta-feira, a admissibilidade da proposta de reforma da Previdência. Três foram a favor da medida: Aelton Freitas (PR), Fábio Ramalho (PMDB) e Paulo Abi-Ackel (PSDB).

Já os parlamentares Delegado Edson Moreira (PR), Júlio Delgado (PSB), Patrus Ananias (PT) e Reginaldo Lopes (PT) foram contra a proposta. A admissibilidade foi aprovada na Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ) por por 31 votos a 20.

PT, PDT, PTB, PSB, PCdoB, Rede, Psol e PHS orientaram o voto contrário à proposta, enquanto PMDB, PSDB, DEM, PP, PR, PSD, Pros, SD, PEN, PTN, PSC, PPS e PV encaminharam o voto sim.

Com a aprovação do parecer, a próxima etapa será a criação de uma comissão especial para debater o mérito da proposta, que estabelece que o trabalhador precisa atingir a idade mínima de 65 anos e pelo menos 25 anos de contribuição para poder se aposentar. Neste caso, ele receberá 76% do valor da aposentadoria - que corresponderá a 51% da média dos salários de contribuição, acrescidos de um ponto percentual desta média para cada ano de contribuição.

Veja a lista completa


Leia mais 

Câmara aprova admissibilidade de PEC da Reforma da Previdência por 31 votos a 20

Comentários

Aviso: O espaço abaixo é destinado para debatermos o tema e criticar ideias. Ataques pessoais não serão tolerados de maneira alguma. Por isso, nos damos ao direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e e-mail válido).

Ouvindo: