Ouça a rádio

Compartilhe

Guerra de gangues: polícia prende suspeito envolvido com tráfico de drogas e execução em Vespasiano

A disputa por pontos de tráfico leva terror e medo à região do Morro Alto 

Ação conjunta entre Polícias Civil e Militar prende suspeito de homicídio em Vespasiano

Uma ação conjunta entre as polícias Civil e Militar realizada nesta quarta-feira (14) começa a colocar fim a uma guerra de gangues que vem aterrorizando moradores do bairro Morro Alto, em Vespasiano, na Grande BH. Um homem, suspeito de envolvimento em um homicídio relacionado ao tráfico de drogas, foi preso durante cumprimento de mandato. Outras duas pessoas seguem foragidas.

O foco da operação é acabar com pontos de tráfico de drogas. De acordo com as investigações da Polícia Civil em Vespasiano (PCMG), a guerra é entre duas facções conhecidas como Gangue Caixa D'Água e Gangue da Lagoa. A briga levou à morte de um dos integrantes, de 19 anos, no dia 5 de junho.

Conforme relatos da PC, noite do dia 5, o homem chegou de moto e parou o veículo para conversar com algumas pessoas que faziam uma fogueira na rua. Neste momento, um carro com quatro pessoas chegou atirando, quando a moto caiu sobre a fogueira e explodiu. A vítima, que morreu no local, tinha várias passagens pela polícia. No momento do homicídio, ainda segundo a PC, o homem identificado como Marcos Fonteles dos Santos estava com uma arma na cintura.

A operação, que está na terceira fase, começou no dia 27 de maio. Conforme inquérito policial o crime foi motivado diretamente por disputas de pontos de tráfico de drogas entre facções rivais, no bairro Morro Alto, e todos os suspeitos já foram abordados e presos diversas vezes pelo mesmo crime.

Um dos suspeitos preso nesta quarta (14) por homicídio tinha quatro pedras de crack, segundo a PC. Durante a condução, o homem permaneceu em silêncio e disse que só irá se pronunciar em juízo e na presença de um advogado.

Ainda na operação, foi cumprido mandado de prisão de um homem, de 23 anos, referente a uma outra investigação, de tráfico de drogas no bairro Jardim Daliana.

A operação foi realizada por policiais civis da Delegacia Especializada de Homicídios e da Delegacia Regional em Vespasiano e por militares do 36º Batalhão da Polícia Militar.

Operação

A operação foi realizada por policiais civis da Delegacia Especializada de Homicídios e da Delegacia Regional em Vespasiano e por militares do 36º Batalhão da Polícia Militar. O inquérito policial será concluído e remetido à Justiça.

Leia Mais

Mais lidas

Ops, não conseguimos encontrar os artigos mais lidos dessa editoria

Baixar o App da Itatiaia na Google Play
Baixar o App da Itatiaia na App Store

Acesso rápido