Ouça a rádio

Compartilhe

Após agredir companheira, suspeito tenta esfaquear policial e é baleado no interior de Minas

O homem está internado em um hospital de Uberaba, sob escola policial 

Suspeito ignorou policiais e depois surgiu armado com um facão

Um homem, de 41 anos, tentou agredir um policial militar com um facão durante uma ocorrência de violência doméstica em Uberaba, no Triângulo Mineiro, na madrugada desta terça-feira (21). O militar foi até o local após a corporação ser acionada por uma mulher, de 31 anos, companheira do suspeito, que contou que havia sido agredida por ele. 

De acordo com o registro policial, a vítima mora com o homem há mais de 2 anos, com um filho deles e outros dois de outro relacionamento da mulher. Segundo ela, o companheiro faz uso de drogas e álcool e é bastante violento.  

A confusão começou após eles discutirem e o homem agredi-la fisicamente com socos e chutes. Após o ocorrido, ele fugiu do local. A mulher então contou para a polícia que o homem poderia estar na casa deles e, com isso, todos seguiram até o endereço. 

Conforme a PM, o suspeito, que estava no portão de entrada da casa, correu assim que percebeu a chegada dos militares. Os policiais então bateram no portão e pediram para revistá-lo, porém ele se recusou a sair do local. Ao forçar a entrada, o suspeito correu e entrou na casa. Os militares então pediram apoio, já que o homem ameaçou matá-los. 

Depois de algum tempo, o suspeito saiu da casa com um facão em direção a um sargento da PM, de 41 anos, que ordenou que ele soltasse a arma e alertou sobre o uso de bala de borracha. Apesar disso, segundo o registro policial, o homem continuou em direção ao policial, quando o militar disparou, mas a munição não deflagrou. Em seguida, o policial pegou uma pistola calibre .40 e atirou na perna do homem, que desequilibrou e bateu com a cabeça no chão. 

O PM deu voz de prisão ao autor e recolheu o facão. O homem foi levado para atendimento médico no Hospital Escola, onde segue internado e sob escolta policial. Já a vítima foi levada para a UPA Mirante. 

O suspeito tem 29 passagens criminais por diversos crimes, sendo várias deles por lesão corporal.

Em nota, a Polícia Civil explicou que o suspeito foi ouvido e conduzido para a Delegacia de Plantão. De acordo com a instituição, "ele foi autuado em flagrante por lesão corporal qualificada no âmbito da violência doméstica e resistência e segue sendo investigado por ambos os crimes".

A investigação segue em andamento.


Leia Mais

Mais lidas

Ops, não conseguimos encontrar os artigos mais lidos dessa editoria

Baixar o App da Itatiaia na Google Play
Baixar o App da Itatiaia na App Store

Acesso rápido