Ouça a rádio

Compartilhe

Parentes procuram homem que desapareceu após deixar clínica de reabilitação na Grande BH

Givaldo dos Santos, de 44 anos, teria sido desligado da instituição, e não foi visto após deixar o local

Gilvan está há cinco dias sem dar qualquer notícia à família

Familiares de Givaldo dos Santos, de 44 anos, pedem ajuda para encontrar o homem que está desaparecido desde domingo (31). Ele é dependente químico, e estava internado em uma clínica de reabilitação em Santa Luzia, na Região Metropolitana de Belo Horizonte.

Segundo os parentes, Givaldo soube no próprio domingo que seria desligado da clínica, ou seja, não poderia mais ficar lá. Ele então teria ligado para a mãe, que mora em Ribeirão das Neves, também na Grande BH, avisando que passaria para buscar uma moto emprestada na casa do filho, no bairro Caiçara, região Noroeste da capital. Desde então, nem a mãe nem o filho dele tiveram notícias.

A família conta ainda que o homem teria discutido com a nora, justamente por conta do veículo emprestado. Além desse fato, eles não têm ideia do que poderia ter acontecido.

"Provavelmente ele deve ter bebido, e me falaram que ele chegou alterado na clínica", contou Selma, irmã de Givaldo. "No sábado, a nora dele ligou para lá contando isso. Provavelmente, o motivo é essa moto, que é dele, está com o filho e ela não teria deixado ele retirar", completou.

A mulher explica que Givaldo tem cerca de 1,70m, pele parda e cabelo escuro. Ele vestia uma camisa polo vermelha, calça jeans, e usava uma mochila preta. A família já entrou em contato com a clínica, e também registrou boletim de ocorrência na Polícia Militar.

Informações sobre o paradeiro de Givaldo podem ser repassadas anonimamente à PM pelo 190, via Disque Denúncia 181 ou pelo contato da família: (31) 9 9163-5934.

Leia Mais

Mais lidas

Ops, não conseguimos encontrar os artigos mais lidos dessa editoria

Baixar o App da Itatiaia na Google Play
Baixar o App da Itatiaia na App Store