Ouça a rádio

Compartilhe

Globo rejeita pedido de Bolsonaro e cancela entrevista com presidente no JN

Presidente pediu para conceder entrevista no Palácio do Alvorada, repetindo o que aconteceu com Lula, em 2006, e Dilma Rousseff, em 2014

Em 2018, presidente Bolsonaro participou de entrevista no JN

A entrevista do presidente Jair Bolsonaro (PL) ao Jornal Nacional, marcada para o próximo dia 22, não vai mais acontecer. 

A Rede Globo informou na madrugada desta sexta-feira (5), em seu telejornal noturno, que não poderia atender o pedido do presidente para que a entrevista fosse concedida no Palácio do Alvorada. 

“No fim da noite de quinta-feira, a assessoria de Bolsonaro enviou email reiterando a disposição de conceder entrevista, desde que ela seja realizada no Palácio do Alvorada, alegando para isso compromissos de campanha anteriormente assumidos. Diante das regras anunciadas reiteradas vezes, a Globo rejeitou o pedido e, por isso, a entrevista não será realizada”, informou a emissora. 

Na quinta-feira (4), o senador Flávio Bolsonaro (PL) afirmou que o presidente Bolsonaro iria participar do debate da Globo. “Tá marcado! Presidente Jair Bolsonaro no Jornal Nacional, dia 22 de agosto, direto do Palácio do Alvorada”, escreveu o parlamentar em suas redes. 

Em 2006 e em 2014, quando os então presidentes Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e Dilma Rousseff (PT) tentaram a reeleição, eles foram entrevistados no Palácio do Alvorada, com a presença dos apresentadores da emissora na residência oficial da Presidência. 

A assessoria de Bolsonaro cobrou que o tratamento fosse repetido com o atual presidente. “É absolutamente justo e natural que o presidente em exercício, caso opte por participar das sabatinas televisivas, que elas ocorram onde ele desejar. A tradição dos veículos demonstra exatamente isso”, escreveu o ex-ministro Fábio Wajngarten, um dos coordenadores da campanha de Bolsonaro. 

A Globo informou que, logo depois das eleições de 2014, decidiu que as entrevistas eleitorais passariam a ser feitas em seus estúdios para “demonstrar que todos os candidatos são tratados em igualdade de condições".


Leia Mais

Mais lidas

Ops, não conseguimos encontrar os artigos mais lidos dessa editoria

Baixar o App da Itatiaia na Google Play
Baixar o App da Itatiaia na App Store