Ouça a rádio

Compartilhe

Polícia prende suspeito de ameaçar William, do Corinthians

Homem de 21 anos não esperava que a ameaça tivesse grande repercussão, mas atacante registrou boletim de ocorrência

William, do Corinthians, sofreu ameaças nas redes sociais

A Polícia Civil de São Paulo prendeu o suspeito de ameaçar o jogador William, do Corinthians, através das redes sociais. A identidade do homem de 21 anos detido na manhã desta quinta-feira em São Paulo não foi divulgado pela corporação.

Desde que voltou ao Brasil após anos atuando na Europa, é a segunda vez que o atacante do time paulista passa por essa situação. Na última quarta-feira, ele registrou um boletim de ocorrência por conta das mensagens que recebeu após maus resultados do Timão dentro de campo.

Filhas e esposas do atacante também foram ameaçadas por torcedores que insinuaram saber até onde as crianças estudam na capital paulista. O homem preso nesta quinta-feira, que utiliza a alcunha "raphaoriginal" em uma rede social, escreveu a frase já conhecida em casos do tipo: "ou joga por amor ou joga por terror".

"Corinthians é tiro, é bandido, é facada, time de favela, de bagunça. Não é essa porra que tá aí não, cambada de marica. Ou joga por amor ou joga por terror!! Já vai tarde. Tem que ser homem em dobro pra vestir nossa camisa", escreveu em post direcionado ao atleta.

Em entrevista à TV Globo, que divulgou as informações inicialmente, o delegado Cesar Saad disse que o suspeito replicou palavras que encontrou em outra publicação na internet e não esperava que a ameaça repercutisse tanto.

Leia Mais

Mais lidas

Ops, não conseguimos encontrar os artigos mais lidos dessa editoria

Baixar o App da Itatiaia na Google Play
Baixar o App da Itatiaia na App Store

Acesso rápido