Ouça a rádio

Compartilhe

Pezzolano explica mudanças no time e prevê final com o Bahia: 'dobrar esforços'

Treinador voltou a citar cansaço dos atletas e lembrou fala de jogador do Tricolor, que tentará vitória no Mineirão

Pezzolano destacou primeiro turno do Cruzeiro na Série B

O Cruzeiro não conseguiu vencer o CSA fora de casa e ficou apenas no 1 a 1, na noite desta quarta-feira (20), no estádio Rei Pelé, em Maceió (AL). O técnico Paulo Pezzolano explicou o motivo de tantas alterações no time titular, que entrou muito modificado, em relação ao que o torcedor se acostumou como 11 inicial.

"A ideia era trocar jogadores, mudar aqueles que vinham jogando muitos jogos. A verdade é que os que jogaram, o fizeram muito bem. Muito contente, porque todos que jogaram o fizeram bem. Por momento fomos superiores, o rival por momento, também", analisou.

Pezzolano ainda comentou sobre um "jogo disputado", ressaltou a importância do Cruzeiro sempre buscar a vitória, mas destacou a dificuldade da Série B.

"Jogo parelho, somamos um ponto. Sabemos que o Cruzeiro precisa somar três em todos os campos, mas sabemos que não será fácil. Na segunda parte (da Série B, segundo turno) serão jogos muito duro para todos. Muitos estarão jogando contra o rebaixamento, muitos pelo acesso. Será uma segunda parte muito dura", disse.

Com o empate, o Cruzeiro termina com 42 pontos a primeira metade da Série B do Campeonato Brasileiro. A Raposa não conseguiu igualar a melhor campanha em um primeiro turno da competição. Em 2006, o Vitória chegou aos 44 pontos em 19 jogos.

O treinador celeste analisou a primeira metade do Cruzeiro até aqui no Brasileirão.

"Foi muito bom. Até agora os jogadores estão fazendo muito bem. Essa última parte do campeonato nos custou muito, ainda tivemos jogos em três dias. Os dois jogos na Copa do Brasil, não temos jogadores para jogar dois campeonatos, falamos disso. Na verdade, custou muito isso. Não tivemos tempo para trabalhar, para recuperar os jogadores. Ficou pesado, mas acho que foi muito boa a primeira parte (do Campeonato Brasileiro da Série B). Temos que jogar uma final contra o Bahia, porque eles querem vir e ganhar na nossa casa, já falaram, assim temos que dobrar os esforços. Cruzeiro tem que jogar uma final e seguir mandando no Mineirão, o que é mais importante", completou.

Leia Mais

Mais lidas

Ops, não conseguimos encontrar os artigos mais lidos dessa editoria

Baixar o App da Itatiaia na Google Play
Baixar o App da Itatiaia na App Store