Ouça a rádio

Compartilhe

Bolsonaro diz que inflação mundial é resultado da 'política do fique em casa' 

Presidente afirmou que queda na produção mundial afetou custo dos combustíveis e alimentos no Brasil 

Presidente Bolsonaro em entrevista para rádio Itatiaia

O presidente Jair Bolsonaro (PL) afirmou, em entrevista exclusiva para a Itatiaia, nesta quarta-feira (22), que o aumento do preço dos alimentos e do combustíveis são reflexo direto da "política do fique em casa" durante a pandemia.

"A crise é mundial, não é apenas no Brasil. Se fosse apenas no Brasil eu seria o principal responsável e seria incompetência administrativa. Mas é mundial e vem crescendo, principalmente por causa da pandemia. É o 'fique em casa e a economia a gente vê depois' que deu um baque na economia mundial", afirmou Bolsonaro.

O presidente afirmou ainda a guerra na Ucrânia fez com que o cenário internacional piorasse. "Muitos governadores, a grande maioria, implementaram essa política por quase dois anos. E isso afetou a economia. Quando se produz menos, tem menos coisas a serem oferecidas e aí vem a inflação. Agravou isso a guerra entre a Rússia e a Ucrânia. A Rússia é uma grande produtora de petróleo e a Ucrânia uma grande exportadora de alimentos", disse.


Leia Mais

Mais lidas

Ops, não conseguimos encontrar os artigos mais lidos dessa editoria

Baixar o App da Itatiaia na Google Play
Baixar o App da Itatiaia na App Store

Acesso rápido