Ouça a rádio

Compartilhe

Kalil diz que Zema procurou apoio de Lula e ouviu 'não'

Ex-prefeito de BH participou de encontro com pré-candidatos do PT e PSD na capital mineira 

Kalil se encontrou com pré-candidatos do PT e PSD nesta quarta-feira (29)

Durante encontro com pré-candidatos do PT e do PSD, o pré-candidato ao Governo de Minas, Alexandre Kalil (PSD), disse que seu provável adversário nas eleições deste ano, o governador Romeu Zema (Novo), procurou apoio do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

"O atual governador mandou representantes ao Instituto Lula, um deputado federal e um secretário de Estado, pedindo apoio do presidente Lula. Tomou um sonoro não", disse Kalil.

Lula e Kalil fecharam uma aliança para as eleições deste ano. O petista apoiará o ex-prefeito no estado e indicou o nome do pré-candidato a vice na chapa, o deputado estadual André Quintão (PT). A chapa será completada pelo pré-candidato ao Senado, Alexandre Silveira (PSD).

A reportagem procurou a assessoria de Zema para comentar a declaração.

Durante o evento, o ex-prefeito de Belo Horizonte repetiu uma frase de Lula e disse que o pobre precisa entrar no orçamento e, o rico, no Imposto de Renda.

"Um pré-candidato do PT me disse o seguinte: qual é a sua ideologia sobre a pobreza? Eu respondi: ideologia, não, amigo. É orçamento. É colocar no orçamento, a pobreza. Eu não tive ideologia na prefeitura. Eu coloquei é no gasto. Nós vamos fazer como o presidente Lula disse: vamos colocar o pobre no orçamento e o rico no Imposto de Renda", afirmou.

O encontro de pré-candidatos com Kalil contou com a presença de Quintão e Silveira, além dos deputados estaduais Cristiano Silveira (PT) e Cássio Soares (PSD), a vereadora de BH, Macaé Evaristo (PT), dentre outros.

Leia Mais

Mais lidas

Ops, não conseguimos encontrar os artigos mais lidos dessa editoria

Baixar o App da Itatiaia na Google Play
Baixar o App da Itatiaia na App Store